Destaques

NOTA DE ESCLARECIMENTO

30 / 08 / 2017
FacebookTwitterGoogle Bookmarks

176263212750560296066002276692934834341152n

A Prefeitura de Terenos, por meio do departamento de saúde, vem a público trazer esclarecimentos a respeito do fato ocorrido na Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Samuel Chaia Jacob.

O diretor técnico da unidade, Dr. Volnei Fontoura, estava realizando atendimentos e durante um intervalo se dirigiu a secretaria do posto. No local foi lhe apresentado um pedido de ultrassonografia, pois uma das pacientes atendidas havia sofrido uma queda.

Após avaliação do médico responsável pelo atendimento, constatou-se que não havia nenhum quadro agravante e que o pedido seria apenas para protocolo. Diante do fato, foi observado que ao invés de uma ultrassonografia o exame a ser realizado seria um raio-x.

Devida a carga horária de trabalho, que é de 20 horas semanais, em alguns dias o técnico responsável pelo raio-x realiza atendimento em um período.

O diretor técnico informou ao avô da paciente que o caso não apresentava gravidade e que seria feito o exame assim que o responsável para realização do procedimento chegasse. Além disso, foi ressaltado que o médico estaria à disposição para dar suporte a paciente, caso fosse necessário.

O avô da paciente, senhor Silvio Brites, que é vereador do município, ficou alterado e começou a proferir palavras de indignação em tom agressivo, além de realizar questionamentos e inverdades sobre o atendimento da saúde.

Diante da exposição dos funcionários perante as outras pessoas que aguardavam atendimento na unidade, o diretor técnico questionou a presença do vereador, pois a paciente já estava acompanhada pela mãe. Sendo assim, foi solicitado que o mesmo se retirasse do local.

Após receber o pedido, o vereador retrucou dizendo que ele era autoridade e que ninguém iria retirá-lo. Em reposta, foi solicitado reforço policial por parte do diretor técnico e, por conta do flagrante que seria registrado, o vereador saiu da unidade levando a filha e a neta.

Passado um determinado tempo, Silvio retornou com outros colegas do Poder Legislativo, onde os mesmos se dirigiram para a sala da administração do posto. Após uma nova discussão em decorrência do primeiro fato, o vereador envolvido reafirmou que por ser autoridade não iria sair do local. Os policiais que estavam do lado de fora ouviram o discurso e perguntaram ao diretor técnico se o mesmo queria representar contra o agressor.

Após a confirmação da representação, o vereador se recusou a sair da unidade de saúde onde neste instante foi decretada voz de prisão. Foi registrado boletim de ocorrência.

A Prefeitura de Terenos preza pela transparência com os terenenses e lamenta pela situação ocorrida na UBS. O fato será encaminhado para as autoridades competentes no intuito de que os responsáveis pelo tumulto sejam responsabilizados. O departamento de saúde está à disposição da população e reforça o compromisso de atender a todos com qualidade, rapidez e respeito.

Vale ressaltar que a diretora do departamento de saúde, Hermínia Alves de Almeida, realizou uma prestação de contas em uma das sessões da Câmara Municipal, onde apresentou informações sobre os horários de atendimento de alguns setores.

Ela reconhece o equívoco e pede desculpa por não ter atualizado a tempo o comunicado apresentado na Câmara, porém, o aviso da alteração já estava exposto no mural da unidade, assim como todos os dias e horários de atendimento das especialidades médicas do local, portanto, não há justificativa para tal ato de violência contra os funcionários da saúde.

A atual administração se coloca a disposição dos funcionários públicos para lutar contra o abuso de poder e ressalta a importância da denúncia para que os casos tenham a devida solução.

 

Assessoria de Imprensa